SIGO O BLOG LÍNGUA PÁTRIA!

sexta-feira, 21 de julho de 2017

MONTEIRO LOBATO:

Muito além do Sítio do Picapau Amarelo!

Quantas crianças não aprenderam (e até hoje aprendem) a ler com as histórias de Monteiro Lobato?! O grande escritor de livros infanto-juvenis, criador do Sítio do Picapau Amarelo, que nasceu em 1882, em Taubaté, São Paulo, continua a ser reverenciado nos dias atuais. Em homenagem ao seu nascimento, no dia 18 de abril é comemorado o Dia Nacional do Livro Infantil. Uma homenagem muito justa.

Mas existem algumas curiosidades da vida do escritor que poucas pessoas conhecem. Você sabia que ele inaugurou a primeira editora nacional: Monteiro Lobato & Cia. Até então, os livros que circulavam no Brasil eram publicados em Portugal. Por isso, as iniciativas de Lobato deram à indústria brasileira do livro um impulso decisivo para sua expansão.
Em 1926, foi nomeado adido comercial da embaixada brasileira nos Estados Unidos, de onde trouxe um notável livro de impressões: América. Usou, assim, suas principais armas em prol do nacionalismo no tocante à exploração de ferro e petróleo no Brasil: os ideais e os livros.
Preocupado com o desenvolvimento econômico do país, chegou a fundar diversas companhias para a exploração do petróleo nacional. O fracasso dessa iniciativa deu-lhe assunto para um artigo: O Escândalo do Petróleo. Já, sob o Estado Novo, sua persistência em abordar esse tema como patriota autêntico valeu-lhe três meses de prisão.
Mas foi no público infantil que Lobato reencontra as esperanças no Brasil. Escrever para crianças era sua alegria, por isso adorava receber as cartinhas que seu pequenino público escrevia constantemente. Achava que o futuro deveria ser mudado através da criançada, para quem dava um tratamento especial, sem ser infantilizado. O resultado foi sensacional, conseguindo transportar até hoje muitas crianças e adultos para o maravilhoso mundo do Sítio do Picapau Amarelo.
Se você tem filhos e quer incentivá-los a lerem, uma boa dica é apresentar os livros de Monteiro Lobato. O melhor, é que o contato com a literatura pode começar aqui no computador. Basta acessar o site http://lobato.globo.com/. Outra dica e o endereço http://www.projetomemoria.art.br/ ou até mesmo conhecer histórias de Saci, um dos seus personagens http://www.sosaci.org/.

Com informações do site graudez.com.br
Postar um comentário